Top 10: os soldados mais cascas-grossas

2. Lachhiman Garung
Cargo: Soldado britânico
Ocasião: 2ª Guerra Mundial
Ano: 1943

Ao ser cercado por 200 japoneses, que lançaram três granadas dentro do seu esconderijo, Lachhiman pegou duas e lançou de volta. A terceira detonou na mão, arrancando seus dedos e deixando a parte direita do corpo em carne viva. Sozinho, fincou uma faca no chão e prometeu que nenhum inimigo passaria dali. Ficou posicionado em um ponto cego e, com o braço esquerdo, atirou durante quatro horas. Matou 31 inimigos até ser resgatado.

1. Simo Hayha
Cargo: Fazendeiro finlandês
Ocasião: 2ª Guerra Mundial
Ano: 1939

Em 1937, passou o ano cumprindo o serviço militar obrigatório. Terminado o dever, voltou para sua fazenda e lá ficou, até 1939, quando a União Soviética invadiu a Finlândia. Simo, então, vestiu uma roupa branca para ficar camuflado na neve, posicionou-se com seu rifle sobre uma árvore, à beira de uma estrada, e começou a atirar em todos os russos que encontrou. Ao fim de 100 dias, matou 705 invasores, incluindo atiradores russos de longa distância deslocados especificamente para caçá-lo. Virou lenda entre os inimigos, que o chamavam de “morte branca”.

Postagens mais visitadas deste blog

HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO NO BRASIL PERÍODO JESUÍTICO (1549 · 1759)

Lançado o computador pessoal Apple Lisa