Fatos históricos do mês de julho - Parte II

Dia 16/1889 - Tiros em dom Pedro II - No Rio de Janeiro: Ao sair do teatro Sant’Anna, na capital carioca, onde havia assistido ao espetáculo Escola dos Maridos, traduzido pelo escritor Arthur Azevedo (1887-1908), o imperador dom Pedro II (1825-1891) sofre uma tentativa frustrada de atentado. Ele deixava o local quando um grupo de pessoas, que esperava por ele do lado de fora, começou a gritar “viva o Partido Republicano”. Enquanto isso, tiros foram disparados, mas o rei e a imperatriz, dona Tereza Cristina, já tinham entrado em sua carruagem. Os dois escaparam sem ferimentos.
Eu me lembro
“Ontem à noite, quando terminava o espetáculo no teatro Sant’Anna (...) e o coche imperial seguia para a praça da Constituição, um indivíduo teve a leviandade de disparar um revólver evadindo-se em seguida para um estabelecimento próximo. Pouco depois, porém, foi preso pelo povo um homem que se supõe ser o autor do atentado.”
Trecho de notícia publicada no jornal Diário do Commercio, no Rio de Janeiro

Dia 21/1613 - A última dinastia - Em Moscou: Aos 16 anos de idade, Mikhail Fyodorovich Romanov é coroado czar da Rússia e dá início à dinastia Romanov, a última do país. Ele permaneceu no poder até a morte, em 1645, mas a dinastia só perdeu o controle do país durante a revolução de 1917, quando Nicolau II foi obrigado a abdicar e depois assassinado.
Dia 22/1894 - A primeira corrida - Na França
Num percurso de 126 quilômetros entre as cidades francesas de Paris e Rouen, 21 carros participam da primeira corrida oficial de automóveis. Quem acabou a prova em primeiro lugar foi um automóvel De Dion-Bouton, pilotado pelo conde francês Jules Albert de Dion (1856-1946). O carro era de sua própria montadora, que nos anos seguintes se tornaria o maior fabricante de automóveis do mundo, com uma produção anual de 400 veículos. Mas Dion foi desclassificado, porque seu veículo, movido a vapor, apresentou irregularidades técnicas. O vencedor da prova acabou sendo George Lemaitre, que, usando um motor Daimler, tinha chegado em segundo lugar.

Dia 26/1581 - Nasce a Holanda - Em Haia, na Holanda: Por meio de um manifesto publicado na cidade de Haia, as sete províncias do norte da Holanda, adeptas do calvinismo, se declaram independentes do reino espanhol e criam a República Unida da Holanda. Mas o país só seria reconhecido depois do fim da Guerra dos 30 Anos, uma série de batalhas travadas por diversas nações européias, e que teve fim em 1648.

Dia 27/1996 - Morte na Olimpíada - Em Atlanta, Estados Unidos: Um atentado a bomba no Parque Olímpico Centenário mata uma pessoa e fere outras 111 na Olimpíada de Atlanta, que comemorava o centenário da edição moderna das competições. Foi o primeiro ataque terrorista em jogos olímpicos desde o ocorrido em Munique, em 1972, quando morreram 16 pessoas. Considerado responsável pelo ataque em Atlanta, Eric Rudolph foi preso em 2003, quando revirava uma lata de lixo na Carolina do Norte. Na época, ele era um dos dez homens mais procurados dos Estados Unidos.
Eu me lembro
“O atentado aconteceu durante a noite. Eu estava na Vila Olímpica, fazendo um tratamento na perna. No dia seguinte, fui até o local onde a bomba explodiu. O clima estava tenso, estavam lá muitos policiais e agentes do serviço secreto.”
Robson Caetano, atleta

Dia 29/1836 - Monumento napoleônico - Em Paris: É inaugurado o Arco do Triunfo, uma homenagem ao Exército da França. A obra começou em 1806, por ordem de Napoleão Bonaparte (1769-1821), mas foi suspensa com a restauração da monarquia. Os trabalhos de construção foram retomados em 1825, e o monumento, de 49 metros de altura e 45 metros de extensão, foi concluído sob o rei Luís Felipe I (1773-1850). Estão gravados no Arco os nomes de 558 generais e de 128 batalhas travadas pelos franceses. Na base do monumento, foi construído em 1920 o Túmulo do Soldado Desconhecido.

Postagens mais visitadas deste blog

HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO NO BRASIL PERÍODO JESUÍTICO (1549 · 1759)

Lançado o computador pessoal Apple Lisa