Hoje na história - A FDA autoriza a comercialização da pílula


Em 9 de maio de 1960, a Food and Drug Administration (FDA) aprovou a primeira pílula de controle de natalidade produzida comercialmente no mundo, a Enovid-10, fabricada pela Searle, de Chicago. 

O desenvolvimento da “pílula”, como ela ficou conhecida popularmente, foi encomendado pela pioneira no controle de natalidade, Margaret Sanger, e financiada pela herdeira Katherine McCormick. Sanger, que abriu a primeira clínica de controle de natalidade nos EUA em 1916, esperava incentivar o desenvolvimento de uma alternativa mais prática e efetiva aos contraceptivos utilizados na época. 

No início dos anos 50, Gregory Pincus, um bioquímico de Biologia Experimental na Worcester Foundation, e John Rock, um ginecologista da Harvard Medical School (HMS), começaram a trabalhar em uma pílula de controle de natalidade. Testes clínicos da pílula, que continha progesterona e estrogênio sintéticos para conter a ovulação nas mulheres, foram iniciados em 1954. Em 9 de maio de 1960, a FDA aprovou a pílula, dando maior liberdade de reprodução às mulheres americanas. 

Postagens mais visitadas deste blog

HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO NO BRASIL PERÍODO JESUÍTICO (1549 · 1759)

Analise do quadro Monalisa de Leonardo da Vinci

Lançado o computador pessoal Apple Lisa