“Nós somos o mal”, diz militante na abertura do fórum de segurança

Durante o evento de abertura do o primeiro Fórum Estadual de Segurança Pública, na manhã desta segunda-feira (13), todas as atenções estavam voltadas para Makota Valdina, referência para as comunidades negras de Salvador, que em pronunciamento durante o lançamento do programa Pacto pela Vida, realizada no último dia 6 (segunda-feira), afirmou que gostaria de “perder o medo da polícia”.
Porém, quem realmente atariu os holofotes foi Hamilton Borges Walê, membro do "Movimento reaja ou será morto, reaja ou será morta". Em um discurso, com tom de desabafo, o militante subiu ao palco pegou o microfone e gritou por mais de 15 minutos para todos os participantes, inclusive os secretários de governo, palavras de ordem. "Reaja ou será morto, reaja ou será morta", gritou Walê.

Segundo ele, o Pacto Pela Vida é mais uma mentira do governo Jaques Wagner,  que "sempre prega a luta do bem contra o mal. Sendo que o bem são aqueles que têm direito a bons advogados e a uma educação de qualidade. E nós somos o mal, nós negros e negras, que não temos condições de pagar um advogado, que não temos educação, somos o câncer da sociedade”, bradou o militante.

Mesmo sendo interrompido por diversas vezes pelos organizadores do evento, Walê continuo o desabafo e mandou um recado direto para o secretário de segurança pública, Mauricio Barbosa. “Secretário, o baralho que o senhor mandou confeccionar é uma afronta aos direitos humanos, pois as pessoas que o senhor coloca estampada nas cartas não foram condenadas, sequer foram julgadas”, finalizou.

Após todo burburinho que se instalou no auditório, os organizadores do evento deram a abertura por encerrada e os secretários saíram sem comentar o episódio. Porém, Makota Valdina, mesmo sem se manifestar, demonstrou aparente agrado ao perceber que conseguiu “fazer escola”.

Fonte:Bocaonews.

Postagens mais visitadas deste blog

HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO NO BRASIL PERÍODO JESUÍTICO (1549 · 1759)

Analise do quadro Monalisa de Leonardo da Vinci

Lançado o computador pessoal Apple Lisa