As 30 máquinas mais importantes do mundo - Parte 2

Todo dia aparece um novo celular, computador ou outro gadget mais moderno, mais versátil, mais bacana. Mas as máquinas mais importantes do mundo são outras. O grupo Open Source Ecology, que reúne engenheiros e tecnólogos do mundo inteiro, passou os últimos anos montando uma lista definitiva das invenções tecnológicas essenciais para o mundo moderno - um grupo de máquinas com as quais seria possível reconstruir a sociedade moderna do zero e fabricar tudo o que ela tem hoje. Sem o extrator de alumínio, não existiriam latinhas de refrigerante - nem iPad. Sem a betoneira, as cidades não estariam cobertas de arranha-céus. Sem a colheitadeira, você teria menos parentes. Prepare-se para conhecer a verdadeira história das tecnologias que fizeram o mundo ser como ele é.

TRATOR - 1892

Os primeiros usavam motores a vapor, que eram fracos, e tinham rodas fininhas, que afundavam na terra. O trator moderno foi criado pelo americano John Froelich, que inventou o primeiro modelo a gasolina e o batizou de "máquina de tração". Mas um revendedor não gostou do nome e inventou uma palavra: trator.

ORDENHADEIRA MECÂNICA - 1895

É difícil atribuir essa invenção a uma única pessoa - na segunda metade do século 19, mais de 100 patentes de ordenhadeira foram registradas nos EUA. Também pudera: com a máquina, é possível tirar até 233% mais leite de cada vaca.

BATERIA DE NÍQUEL E FERRO - 1901

É impossível imaginar o mundo moderno sem baterias. Elas foram criadas por um dos maiores gênios da humanidade: Thomas Edison, que queria convencer Ford a utilizá-las em carros elétricos. Não conseguiu.

IMPRESSORA DE CIRCUITOS - 1913

Abra um computador ou um celular e você encontrará uma placa eletrônica complicadíssima, com centenas de trilhas e componentes microscópicos, quase impossíveis de montar à mão. A tarefa fica por conta desta máquina, que produz mais de 100 placas por minuto.


 

PELETIZADORA - Início do séc. 20


Serve para fazer bolinhas com restos de madeira, palha ou forragem, que podem ser utilizadas como combustível. Também é utilizada na produção de ração para animais.


MÁQUINA DE FAZER TRINCHEIRAS - Séc. 20

O século 20 foi o século das guerras tecnológicas. E a máquina de fazer trincheiras, criada pela empresa americana The Charles Machine Works, foi uma verdadeira mão na roda para os exércitos. Uma versão dela é usada hoje na construção civil para cavar túneis por onde passam canos de água e fibras ópticas - só no Brasil existe mais de 1 milhão de quilômetros de fibras ópticas enterradas pelas ruas
.

BULDÔZER - 1923

É um trator gigante que serve para derrubar obstáculos. Foi criado por James Cummings e Earl McLeod e atingiu a glória em 1944, quando os Aliados o utilizaram para abrir caminho pela Europa e vencer a Segunda Guerra. Hoje é usado em demolições e na reconstrução de cidades atingidas por terremotos e tsunamis.


ARADO MECÂNICO - 1936

Nasceu a partir da soma de duas invenções: o arado de aço e o trator agrícola. Seu pai é o ferreiro americano John Deere, que queria uma maneira mais eficiente de arar solo úmido, no qual as outras ferramentas costumavam ficar entaladas.

BETONEIRA - 1916

Prepara o betão (concreto) ao misturar cimento com pedras, areia e água num cilindro. Foi uma herança da Primeira Guerra Mundial: a evolução tecnológica dos caminhões usados em combate pelos alemães gerou motores mais potentes, que eram capazes de movimentar a betoneira.

RETROESCAVADEIRA - 1953


Tem um braço articulado que termina numa espécie de pá. Foi inventada pelo inglês Joseph Cyrill Bamford para uso em obras. Há mais de 300 mil retroescavadeiras em operação no mundo, e os modelos modernos conseguem cavar buracos de até 6 metros.

ROBÔ INDUSTRIAL - 1961


Ele solda, pinta, monta peças de carros. E foi inventado por um autodidata: o americano George Devol, um mecânico que não fez faculdade e trabalhava na General Motors. O primeiro robô tirava pedaços de metal quentes de um forno e soldava peças de carros. De lá para cá, eles tomaram conta das fábricas: em 2014, haverá 1,3 milhão de robôs industriais em operação no mundo.

PAINEL SOLAR - 1954

O cientista americano Charles Fritts descobriu que o silício tinha uma característica intrigante: transformar luz em energia elétrica. Se 1% da Terra fosse coberta por painéis solares (20 estados de São Paulo), eles gerariam energia suficiente para toda a humanidade.

CORTADOR A LASER - Final do séc. 20

Corta praticamente qualquer material, de madeira a roupas. O laser surgiu em 1960, mas só no final da década de 70 a primeira máquina chegou às indústrias. Hoje, metade dos lasers instalados no mundo está em cortadores como este.

IMPRESSORA 3D - 1984

Gera objetos usando plástico líquido. No futuro, todo mundo terá uma em casa e poderá produzir pequenos objetos, como talheres e utensílios, e até alguns alimentos - já existe um protótipo que imprime bolos usando massa líquida.

Fontes Associação Nacional da Indústria Cerâmica, Associação Leite Brasil, Escola Superior de Agricultura da USP, USP de São Carlos, Escola de Engenharia da UFMG. 

Postagens mais visitadas deste blog

HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO NO BRASIL PERÍODO JESUÍTICO (1549 · 1759)

Analise do quadro Monalisa de Leonardo da Vinci

Lançado o computador pessoal Apple Lisa