O QUE É DST?

DST é a sigla para Doenças Sexualmente Transmissíveis, também chamada de doenças venéreas. As DST são um importante problema de saúde pública em todos os países. Entre as complicações mais comuns das doenças sexualmente transmissíveis estão a infertilidade, o câncer do colo do útero, a doença inflamatória pélvica e o aumento do risco de contaminação pelo HIV.

Neste texto vamos fazer uma revisão sobre as principais doenças sexualmente transmissíveis, abordando as seguintes questões sobre as DST:
O que é DST?
Quais são as DST mais comuns?
Como se pega uma DST?
Quais são os fatores de risco para DST?
Como prevenir as DST?
Qual é o tratamento para as DST?
Quais são as DST mais comuns?

Existem várias doenças sexualmente transmissíveis, causadas por diferentes tipos de germes, incluindo bactérias, vírus, parasitas e protozoários. Entre as DST mais comuns, podemos citar:

- Cancro mole (cancroide) (leia: CANCRO MOLE | Haemophilus ducreyi).
- Chato (pediculose pubiana)
- Clamídia (leia: CLAMÍDIA | Sintomas e tratamento).
- Donovanose (granuloma inguinal).
- Gonorreia (leia: GONORREIA | Sintomas e tratamento).
- Hepatite B (leia: HEPATITE B | Sintomas e vacina).
- Hepatite C (leia: HEPATITE C | Sintomas e tratamento).
- Herpes genital (leia: HERPES GENITAL | Sintomas e tratamento).
- HIV / AIDS (leia: SINTOMAS DO HIV | AIDS).
- HPV / condiloma acuminado (leia: HPV | CÂNCER DO COLO DO ÚTERO | Sintomas e vacina).
- Linfogranuloma venéreo.
- Sífilis (leia: SÍFILIS | Sintomas e tratamento).
- Tricomoníase (leia: TRICOMONÍASE | Sintomas e tratamento).

Das DST citadas acima, as que apresentam maior incidência, em ordem decrescente, são HPV, clamídia, tricomoníase e gonorreia.

Candidíase, hepatite A e vaginose bacteriana (infecção pela bactéria Gardnerella) não são consideradas doenças sexualmente transmissíveis, apesar de eventualmente poderem ser transmitidas por esta via. Do mesmo modo, algumas infecções intestinais, como amebíase, giardíase, shigeloses e outras, podem ser transmitidas pela via sexual se houver contato com fezes contaminadas, como nos casos de penetração anal ou anilingus (sexo oral no ânus).

Para ser considerada uma DST a doença precisa ter a via sexual como modo de transmissão principal.

CONTINUE LENDO EM MD SAÚDE

Postagens mais visitadas deste blog

HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO NO BRASIL PERÍODO JESUÍTICO (1549 · 1759)

Analise do quadro Monalisa de Leonardo da Vinci

Lançado o computador pessoal Apple Lisa