Morre Leonardo di ser Piero da Vinci em 1519

No dia 2 de maio de 1519 morria, em Amboise, na França, Leonardo di ser Piero da Vinci, artista florentino. Por conta de suas inúmeras contribuições em praticamente todos os campos do conhecimento humano, Leonardo da Vinci é apontado com um dos homens mais brilhantes da história. Nascido no dia 15 de abril de 1452, em Vinci, próximo à cidade de Florença, na Itália, ele era filho ilegítimo de um chanceler e embaixador e uma jovem camponesa, mas foi criado e educado pela família do pai, logo após o casamento da mãe com um camponês local. Seu primeiro contato com as artes foi através da avó paterna, Lucia di ser Piero de Zoso, que era ceramista. Comenta-se que, desde muito pequeno, Leonardo da Vinci demonstrava um talento raro para todas as atividades criativas, especialmente o desenho e a pintura. Em 1469, ele ingressou como aprendiz em um renomado atelier, sob a supervisão de Andrea del Verrocchio, de quem recebeu parte de sua formação multidisciplinar. O artista aprendeu os fundamentos da Química, Metalurgia, Mecânica, Carpintaria, assim como técnicas para trabalhar com couro, gesso, mármore e bronze; seguiu entretanto, dedicando especial atenção ao desenho e à pintura. Quando seus dotes artísticos ficaram evidenciados, o mestre Verrocchio decidiu comissionar seu aluno com a finalização de alguns de seus próprios trabalhos. Dizem que o mestre sentiu-se rapidamente superado pelo aluno, o que resultou na consagração de Da Vinci no mundo das artes. Ele também se destacou como arquiteto e engenheiro, recebendo diversos projetos de construção, nos anos seguintes. 

Postagens mais visitadas deste blog

HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO NO BRASIL PERÍODO JESUÍTICO (1549 · 1759)

Lançado o computador pessoal Apple Lisa