Mitos sobre bebidas alcoólicas - 1: Cerveja dá "barriguinha"

As bebidas alcoólicas estão presentes no dia a dia de quase todo mundo. Mesmo quem não bebe tem um amigo que aprecia cervejas importadas ou um parente que não dispensa uma tacinha de vinho no almoço de domingo. Mas o fato é que mesmo fazendo parte do nosso cotidiano, muitas concepções erradas sobre o álcool ainda são compartilhadas por aí. Por isso, separamos 7 dessas ideias incorretas e contamos a verdade sobre elas. No mínimo, é um bom papo para a mesa do bar:

1. Cerveja dá ‘barriguinha
Cerveja dá barriga é um mito

O mito: Basta pensar durante alguns segundos e a prova aparece em sua mente. Com certeza você conhece alguém com uma barriguinha saliente causada pelo excesso de álcool. Certo?
A verdade: A barriga de cerveja não existe. Ou melhor, aquela saliência abdominal pode não ter nada a ver com o consumo de cerveja. E isso quem diz é a ciência. Alguns pesquisadores se dedicaram a estudar o “fenômeno” e concluíram que a quantidade de cerveja que você bebe e o tamanho da sua barriga não têm nenhuma correlação direta.
Como a cerveja também contém calorias, é óbvio que uma pessoa que exagerar no consumo vai acabar tendo um aumento de peso. Mas, segundo os pesquisadores, esse ganho de peso não vai ser diferente do de uma pessoa que exagerar no consumo de bacon, por exemplo. Qualquer excesso de calorias leva a um aumento do peso.

Postagens mais visitadas deste blog

HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO NO BRASIL PERÍODO JESUÍTICO (1549 · 1759)

Lançado o computador pessoal Apple Lisa