Da Vinci é eleito o gay mais influente da História


No início do ano, a SUPER publicou uma lista muito polêmica com 6 gays que marcaram a História. Do outro lado do Atlântico, a Revista Mate, publicação voltada para o público GLS, resolveu eleger as 500 personalidades homossexuais mais influentes da História. O burburinho também foi grande. Seis jurados ao redor do mundo consideraram que o homossexual eleito o mais influente da História foi Leonardo da Vinci, pintor, engenheiro, botânico, cientista…Com esse currículo, não é por acaso que ele lidera a lista, né?

Ficou curioso de quem são as outras personalidades? Confira o topo do ranking.
1
Leonardo da Vinci
2
Sócrates (filósofo)
3
Alexandre, o Grande (rei da Macedônia)
4
Stephen Fry (ator e roteirista)
5
Oscar Wilde (escritor e poeta)
6
Harvey Milk (ativista da causa gay)
7
Peter Tchaikovsky (compositor)
8
Júlio César (líder da Roma Antiga)
9
William Shakespeare (escritor)
10
Andy Warhol (artista)

Preconceituoso ou inclusivo?

Críticos do ranking argumentam que personalidades como Sócrates e Alexandre não deveriam dividir espaço com os outros, afinal, viveram em uma época em que nem havia o conceito da homossexualidade, que é característico da modernidade. Eles são de um momento histórico em que relacionamentos sexuais entre pessoas do mesmo sexo não eram discriminados. Nessa linha, a classificação seria, portanto, anacrônica.
Há quem argumente, inclusive, que o ranking é discriminatório. A Mate afirma justamente o oposto: a intenção da publicação teria sido combater o preconceito, mostrando que personalidades gays também contribuíram para o desenvolvimento social.
Brasileiros na lista
Nomes brasileiros também estiveram entre os premiados. O melhor colocado foi André Fisher, criador do Mix Brasil, um portal brasileiro de notícias do universo gay. Ele aparece em 261º lugar. O diretor de teatro e dramaturgo José Celso Martinez Corrêa, o Zé Celso, ocupa a 358ª posição. Em 379º, está o antropólogo e historiador Luiz Mott e, em 422º, o escritor João Silvério Trevisan.

Postagens mais visitadas deste blog

HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO NO BRASIL PERÍODO JESUÍTICO (1549 · 1759)

Lançado o computador pessoal Apple Lisa