Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2012

Guerra de Independência de Angola

Imagem
A Guerra de Independência de Angola, também conhecida como Luta Armada de Libertação Nacional, foi um conflito armado entre as forças independentistas de Angola — UPA/FNLA, MPLA e, a partir de 1966, a UNITA — e as Forças Armadas de Portugal. Para o MPLA, a guerra teve início a 4 de Fevereiro de 1961, quando um grupo de cerca de 200 angolanos, ligados a este movimento, atacou a Casa de Reclusão Militar, em Luanda, a Cadeia da 7.ª Esquadra da polícia, a sede dos CTT e a Emissora Nacional de Angola. No entanto, para Portugal e para a FNLA, a data é 15 de Março, data do primeiro ataque das forças de Holden Roberto, a UPA, na região Norte de Angola. A guerra prolongar-se-ia por mais 13 anos, terminando com um cessar-fogo em Junho (com a UNITA) e Outubro (com a FNLA e o MPLA) de 1974. A independência de Angola foi estabelecida a 15 de Janeiro de 1975, com a assinatura do Acordo do Alvor entre os quatro intervenientes no conflito: Governo português, FNLA, MPLA e UNITA. A independência e a …

10. Há mais norte-americanos que acreditam no Diabo do que os que acreditam em Darwin.

Imagem
A maioria dos norte-americanos são céticos. Pelo menos no que toca à teoria da evolução, já que apenas 40% dos norte-americanos acreditam nela. Já a existência de Satanás e do inferno soa perfeitamente plausível a mais de 60% dos norte-americanos. Esta radicalidade religiosa explica as “conversas diárias” do ex-presidente Bush com Deus e mesmo os comentários do ex-pré-candidato republicano Rick Santorum, que acusou acadêmicos norte-americanos de serem controlados por Satã
Fonte: http://operamundi.uol.com.br/

9. Os EUA é o país do mundo com mais armas: para cada dez norte-americanos, há nove armas de fogo.

Imagem
Não é de se espantar que os EUA levem o primeiro lugar na lista dos países com a maior coleção de armas. O que surpreende é a comparação com outras partes do mundo: no restante do planeta, há uma arma para cada dez pessoas. Nos Estados Unidos, nove para cada dez. Nos EUA podemos encontrar 5% de todas as pessoas do mundo e 30% de todas as armas, algo em torno de 275 milhões. Esta estatística tende a se elevar, já que os norte-americanos compram mais de metade de todas as armas fabricadas no mundo.

Filosofando:

Imagem

8. O preço médio de uma licenciatura numa universidade pública é 80 mil dólares.

Imagem
O ensino superior é uma autêntica mina de ouro para os banqueiros. Virtualmente, todos os estudantes têm dívidas astronômicas, que, acrescidas de juros, levarão, em média, 15 anos para pagar. Durante esse período, os alunos tornam-se servos dos bancos e das suas dívidas, sendo muitas vezes forçados a contrair novos empréstimos para pagar os antigos e assim sobreviver. O sistema de servidão completa-se com a liberdade dos bancos de vender e comprar as dívidas dos alunos a seu bel prazer, sem o consentimento ou sequer o conhecimento do devedor. Num dia, deve-se dinheiro a um banco com uma taxa de juros e, no dia seguinte, pode-se dever dinheiro a um banco diferente com nova e mais elevada taxa de juro. Entre 1999 e 2012, a dívida total dos estudantes norte-americanos cresceu à marca dos 1,5 trilhões de dólares, elevando-se assustadores 500%.

PM e PCC - São Paulo

Imagem

Jovem engravida de Chimpanzé e revoluciona a Ciência

Imagem
Um caso misterioso ocorrido em Manicoré, interior do Amazonas, tem chamado a atenção de cientistas de todo o mundo. Uma jovem, de apenas 19 anos de idade, está grávida de um macaco chimpanzé.
Médicos e cientistas brasileiros, japoneses, argentinos, americanos, e também uma equipe da NASA já esteve no Amazonas para analisar o caso da garota.
A jovem, cujo nome está sendo preservado para não causar constrangimento, manteve a gravidez em sigilo até a barriga crescer e denunciar. Os pais foram os primeiros a saberem, mas não acreditaram na versão dada pela jovem, de que o pai seria o macaco.
A mãe da garota, disse que só acreditou na história quando os médicos confirmaram que o DNA do bebê que está sendo gerado pela garota, tem o DNA do macaco.
Já o pai, disse que desconfiava que a filha tinha um chamego com o macaco, mas achou que era apenas carinho de ser humano para animal de estimação. “Ela dormia na cama com o macaco, mas não imaginei que eles faziam algo demais”, disse o …

7. Todos os imigrantes são obrigados a jurar não ser comunistas para poder viver nos EUA.

Imagem
Além de ter que jurar não ser um agente secreto nem um criminoso de guerra nazi, vão lhe perguntar se é, ou alguma vez foi membro do Partido Comunista, se tem simpatias anarquista ou se defende intelectualmente alguma organização considerada terrorista. Se responder que sim a qualquer destas perguntas, será automaticamente negado o direito de viver e trabalhar nos EUA por “prova de fraco carácter moral”.

6. Os EUA foram fundados sobre o genocídio de 10 milhões de nativos. Só entre 1940 e 1980, 40% de todas as mulheres em reservas índias foram esterilizadas contra sua vontade pelo governo norte-americano.

Imagem
Esqueçam a história do Dia de Ação de Graças com índios e colonos partilhando placidamente o mesmo peru em torno da mesma mesa. A História dos Estados Unidos começa no programa de erradicação dos índios. Tendo em conta as restrições atuais à imigração ilegal, ninguém diria que os fundadores deste país foram eles mesmos imigrantes ilegais, que vieram sem o consentimento dos que já viviam na América. Durante dois séculos, os índios foram perseguidos e assassinados, despojados de tudo e empurrados para minúsculas reservas de terras inférteis, em lixeiras nucleares e sobre solos contaminados. Em pleno século XX, os EUA iniciaram um plano de esterilização forçada de mulheres índias, pedindo-lhes para colocar uma cruz num formulário escrito em idioma que não compreendiam, ameaçando-as com o corte de subsídios caso não consentissem ou, simplesmente, recusando-lhes acesso a maternidades e hospitais. Mas que ninguém se espante, os EUA foram o primeiro país do mundo oficializar es…

PM e PCC - São Paulo 2

Imagem

Vídeo: O Mundo sem Ninguém [Completo]

Imagem
Alguns dos pontos principais deste documentário:
Depois de um dia sem ninguém, boa parte do planeta ficaria sem energia elétrica, por falta de manutenção e combustível nas usinas.Depois de dez dias sem ninguém, a comida começa apodrecer. A maior parte dos cães, animais dependentes dos seres humanos, não sobreviveria, mesmo que conseguissem sair das casas.Depois de seis meses sem ninguém, as áreas urbanas começam a ser invadidas pela natureza. Os predadores, mantidos afastados pelos seres humanos, passam a viver livremente nas cidades.Depois de um ano sem ninguém, ainda é possível reconhecer as cidades, mas a natureza começa a recuperar o seu território. Ervas daninhas e musgos tomam conta das ruas e calçadas. Incêndios, outrora controlados, ocorrem em vários pontos do planeta.Depois de vinte anos sem ninguém, alguns prédios de concreto começam a desmoronar. As cidades se tornam cidades-fantasma. A vegetação cresce descontrolada e algumas regiões passam a ser inundadas.…

5. 125 norte-americanos morrem todos os dias por não poderem pagar qualquer tipo de plano de saúde.

Imagem
Se não tiver seguro de saúde (como 50 milhões de norte-americanos não têm), então há boas razões para temes ainda mais a ambulância e os cuidados de saúde que o governo presta. Viagens de ambulância custam em média o equivalente a 1300 reais e a estadia num hospital público mais de 500 reais por noite. Para a maioria das operações cirúrgicas (que chegam à casa das dezenas de milhar), é bom que possa pagar um seguro de saúde privado. Caso contrário, a América é a terra das oportunidades e, como o nome indica, terá a oportunidade de se endividar e também a oportunidade de ficar em casa, torcendo para não morrer.

curiosidades sobre a Proc. da República

Imagem
No dia 15 de novembro, comemoramos a Proclamação da República no Brasil. Para alguns, apenas mais um feriado. Para outros, uma data que deve ser lembrada e analisada como um grande período de transição na política brasileira. Esta postagem vai trazer 10 curiosidades sobre a Proclamação da República. Esta lista foi extraída e adaptada do Guia dos Curiosos.
1. A Proclamação da República foi um levante político-militar ocorrido em 15 de novembro de 1889 que instaurou a forma republicana federativa presidencialista de governo no Brasil, derrubando a monarquia e, por conseguinte, pondo fim à soberania do Imperador Dom Pedro II.
2. O primeiro a dar o grito da República foi o sargento-mor e vereador de Olinda Bernardo Vieira de Melo. O militar lançou a proposta em 10 de novembro de 1710 porque estava insatisfeito com a exploração abusiva do país pelos monarcas portugueses. O pedido foi rejeitado.
3.  Ao proclamar a República, Deodoro da Fonseca estava com um ataque de dispneia. F…

Filosofando:

Imagem

4. Os EUA são o único país da OCDE que não oferece qualquer tipo de subsídio de maternidade.

Imagem
Embora estes números variem de acordo com o Estado e dependam dos contratos redigidos por cada empresa, é prática corrente que as mulheres norte-americanas não tenham direito a nenhum dia pago antes ou depois de dar à luz. Em muitos casos, não existe sequer a possibilidade de tirar baixa sem vencimento. Quase todos os países do mundo oferecem entre 12 e 50 semanas pagas em licença maternidade. Neste aspecto, os Estados Unidos fazem companhia à Papua Nova Guiné e à Suazilândia.

EDUCAÇÃO NA ANTIGA ATENAS

Imagem
A antiga Atenas era um brilhante centro intelectual, educacional e cultural de toda a Grécia. Toda a cidade era uma larga escola, um vasto templo, uma enorme escola de arte.

Sob o céu azul ático, professores, filósofos, poetas, cientistas e artistas vindos de todas as regiões e jovens vindos de todos os lugares da Grecia, visitavam Atenas, para inquirir suas mentes, tornando a sociedade cheia de vida, movimento e beleza, aonde os homens viviam em harmonia com a natureza e aprendiam com ela.

A educação ateniense tinha como objetivo trabalhar as qualidades mentais, físicas e morais do ser humano, guiando a juventude e fazendo-os tornarem-se "fortes e descentes", úteis à sociedade e bons cidadãos. O equilibrio entre o corpo e a alma era o alvo principal da educação ateniense, a mais nobre que o mundo conhecia.

A educação de um jovem ateniense começava no dia de seu nasimento e terminava na idade de 20 anos. Primeiro, os pais se certificavam de que deram uma boa e s…

3. Entre 1890 e 2012, os EUA invadiram ou bombardearam 149 países.

Imagem
3. Entre 1890 e 2012, os EUA invadiram ou bombardearam 149 países.

O número de países nos quais os EUA intervieram militarmente é maior do que aqueles em que ainda não o fizeram. Números conservadores apontam para mais de oito milhões de mortes causadas pelo país só no século XX. Por trás desta lista, escondem-se centenas de outras operações secretas, golpes de Estado e patrocínio de ditadores e grupos terroristas. Segundo Obama, recipiente do Nobel da Paz, os EUA conduzem neste momento mais de 70 operações militares secretas em vários países do mundo. O mesmo presidente criou o maior orçamento militar norte-americano desde a Segunda Guerra Mundial, superando de longe George W. Bush.

2. 22% das crianças americanas vive abaixo do limiar da pobreza.

Imagem
2. 22% das crianças americanas vive abaixo do limiar da pobreza.

Calcula-se que cerca de 16 milhões de crianças norte-americanas vivam sem “segurança alimentar”, ou seja, em famílias sem capacidade econômica para satisfazer os requisitos nutricionais mínimos de uma dieta saudável. As estatísticas provam que estas crianças têm piores resultados escolares, aceitam piores empregos, não vão à universidade e têm uma maior probabilidade de, quando adultos, serem presos.

Conheça Negros/as que fizeram a história do Brasil

Imagem
Neste novembro, mês da Consciência Negra, é mais um momento prestar homenagens para aqueles que com mãos negras construíram o Brasil.Veja esse vídeo que está circulando na Internet. Música "Sentinela" de Milton Nascimento, cantada por ele e Nana Caymmi. 

http://youtu.be/LvZBCs7vcBI

História do Brasil - O Populismo

Imagem

Dez fatos chocantes sobre os Estados Unidos que vocÊ não sabia

Imagem
1. Maior população prisional do mundo

Elevando-se desde os anos 80, a surreal taxa de encarceramento dos EUA é um negócio e um instrumento de controle social: à medida que o negócio das prisões privadas alastra-se como uma gangrena, uma nova categoria de milionários consolida seu poder político. Os donos destas carcerárias são também, na prática, donos de escravos, que trabalham nas fábricas do interior das prisões por salários inferiores a 50 cents por hora. Este trabalho escravo é tão competitivo, que muitos municípios hoje sobrevivem financeiramente graças às suas próprias prisões, aprovando simultaneamente leis que vulgarizam sentenças de até 15 anos de prisão por crimes menores como roubar chicletes. O alvo destas leis draconianas são os mais pobres, mas, sobretudo, os negros, que representando apenas 13% da população norte-americana, compõem 40% da população prisional do país.

História das Coisas __Brasil

Imagem

A culpa é sempre do outro - Mãe Stella

Imagem
Maria Stella de Azevedo Santos Conta-se que um histórico governante visitou uma importante prisão do país que estava sob seu comando. Curioso sobre o que tinha motivado aqueles prisioneiros a cometerem diferentes tipos de crime, o governante resolveu perguntar aos homens por que eles estavam naquela situação. Um dos criminosos argumentou que estava ali por ter caído em uma armadilha preparada por falsos amigos; outro disse que tinha sido injustamente preso devido a um erro da polícia; já o outro explicou que o juiz tinha cometido um imenso engano ao condená-lo. O governante olhava para todos eles com um sorriso irônico no rosto, mas nada comentava. Resolveu indagar a um quarto homem sobre as razões para ele estar preso. Para surpresa do governador, esse último disse que foi preso por ter cometido um grave delito e por isto era justa sua prisão. Só nesse momento o governante se dispôs a tecer algum comentário. Ele disse para o administrador da prisão: “Tire logo este homem…

Dia D não foi a virada na 2ª Guerra Mundial

Imagem
Mais de um ano antes do desembarque na Normandia, o império nazista de Hitler já tinha sido ferido de morte pelo Exército Vermelhopor Textos Eduardo Szklarz  São principalmente os autores americanos, ingleses e franceses que costumam apontar o Dia D como a operação militar que marcou a virada dos Aliados sobre as forças do Eixo. Mas, se você for consultar livros alemães ou russos sobre 2ª Guerra Mundial, vai descobrir que a versão da história é outra. Nessas obras, fica claro que Adolf Hitler e seus comparsas começaram a perder a guerra muito antes - em batalhas decisivas travadas contra os soviéticos no front oriental.

O primeiro grande tropeço dos nazistas aconteceu quase 3 anos antes do Dia D, em dezembro de 1941, quando o Exército Vermelho de Josef Stalin emplacou uma contraofensiva fulminante na batalha de Moscou. Os nazistas achavam que o sucesso da invasão à URSS era certo. Quebraram a cara. E pior: os revezes no front oriental se acumulariam a partir dali.

"Na…

O que foi feito com o corpo de Hitler?

Ficar sem túmulo não é só para inimigos públicos. Gente menos odiada também passou por isso Após matar Osama bin Laden, em maio, o governo dos EUA decidiu jogar o corpo no mar a fim de que não houvesse um túmulo em que seguidores do terrorista prestariam homenagens. O argumento não é novo. Para evitar peregrinações à sepultura, inimigos somem com o corpo. "A morte atrai mais seguidores", diz o historiador Wagner Pereira, da UFRJ. Personagens adorados por um povo também passaram por isso. "Apesar de terem histórias diferentes, os corpos de Hitler e de Evita eram temidos pelo mesmo motivo: tornaram-se ícones temidos", diz Pereira.


Adolf Hitler

Em 1970, três agentes da KGB desenterraram a ossada do ditador, escondida desde o fim da 2ª Guerra. Cremaram e jogaram as cinzas ao vento. O único agente vivo, Vladimir Gumenyuk, recusou ofertas milionárias para revelar o local da despedida.


Evita Perón

Temendo o fortalecimento do peronismo na Argentina, os militare…

Força verde-amarela no front - Parte 4

Salvou mil "com o próprio punho"

QUEM:
LUIZ MARTINS DE SOUZA DANTAS

NASCIMENTO: RIO DE JANEIRO (RJ)

ONDE ATUOU: PARIS E VICHY (FRANÇA)

POR QUE É HERÓI? ASSINOU MIL PASSAPORTES E IMPEDIU INVASÃO DA EMBAIXADA BRASILEIRA

O carioca Luiz Martins de Souza Dantas foi um dos grandes nomes da diplomacia internacional a intervir em favor dos perseguidos pelo nazismo na Europa. Embaixador na França entre 1922 e 1944, ele distribuía vistos a judeus, comunistas, homossexuais e outras minorias diante do recrudescimento da perseguição nazista. Os documentos eram em geral assinados de próprio punho, algo incomum e arriscado em se tratando de pessoas "indesejáveis", na definição do governo brasileiro. Ele não cobrava taxas nem exigia declarações ou atestados. E não informava a origem étnica dos requisitantes, conforme fora orientado a fazer.

Cerca de 500 vistos diplomáticos foram emitidos entre junho e dezembro de 1940. No dia 12 de dezembro, Dantas foi formalmente pr…

Força verde-amarela no front - Parte 3

O "covarde" que se agigantou

QUEM:GERSON MACHADO PIRES

NASCIMENTO: RIO DE JANEIRO ( RJ)

ONDE ATUOU: MONTE CASTELLO E MONTESE (ITÁLIA)

POR QUE É HERÓI? SALVOU ESQUADRÃO DE BLINDADOS

O tenente Gerson Machado Pires foi à guerra como voluntário. E teve uma grande participação nas batalhas de Monte Castello e Montese, as mais importantes da Força Expedicionária Brasileira (FEB) na Itália. Pires admitia que tinha medo de se acovardar na hora do combate. Isso nunca aconteceu. No ataque a Monte Castello, seu pelotão teve três baixas instantâneas. Os soldados foram mortos pelo fogo de artilharia alemã. "O primeiro tiro esfacelou os três soldados", ele contou em suas memórias. Mas foi em frente. Na Batalha de Montese, em 14 de abril de 1945, os Aliados tiveram mais de 400 baixas entre mortos e feridos. Pires era um dos comandantes do 6º Regimento de Infantaria e salvou a vida do então capitão e depois general da reserva Plínio Pitaluga, que comandava o esquadrão d…

Força verde-amarela no front - Parte 2

Afundou submarino no Rio de Janeiro

QUEM:
ALBERTO TORRES

NASCIMENTO: NORFOLK (EUA)

ONDE ATUOU: RIO DE JANEIRO

POR QUE É HERÓI? AFUNDOU UM SUBMARINO E SALVOU OS NÁUFRAGOS

O tenente Alberto Torres Martins foi o único piloto brasileiro que comprovadamente afundou um submarino alemão. E o fez no litoral do Rio de Janeiro. Personagem de destaque no documentário Senta a Pua!, de Erick de Castro, Torres nasceu em Norfolk, na Virgínia, mas era brasileiro. Seus pais, os diplomatas Aluízio e Lenita Torres, prestavam serviço nos EUA. Lá Martins estudou e treinou em aviões de combate.

Segundo o piloto veterano Rui Moreira Lima, Torres vestiu a farda da Força Aérea Brasileira (FAB) como piloto do 1º Grupo de Caça de 1941 a 1945, mas nesse período participou de 100 ações de combate. A mais importante delas ocorreu em 31 de julho de 1943. Em missão de patrulha no litoral do Rio de Janeiro, o tenente afundou um submarino alemão U-199 a 87 quilômetros ao sul do Pão de Açúcar. O Brasil tent…