As 30 máquinas mais importantes do mundo - Parte 1

Carro? Televisão? iPhone? Nada disso: as inovações que construíram a vida moderna vieram de gadgets que você provavelmente não conhece. Conheça a história das máquinas que realmente mudaram o mundo 

Todo dia aparece um novo celular, computador ou outro gadget mais moderno, mais versátil, mais bacana. Mas as máquinas mais importantes do mundo são outras. O grupo Open Source Ecology, que reúne engenheiros e tecnólogos do mundo inteiro, passou os últimos anos montando uma lista definitiva das invenções tecnológicas essenciais para o mundo moderno - um grupo de máquinas com as quais seria possível reconstruir a sociedade moderna do zero e fabricar tudo o que ela tem hoje. Sem o extrator de alumínio, não existiriam latinhas de refrigerante - nem iPad. Sem a betoneira, as cidades não estariam cobertas de arranha-céus. Sem a colheitadeira, você teria menos parentes. Prepare-se para conhecer a verdadeira história das tecnologias que fizeram o mundo ser como ele é.

Pré-história e Idade Antiga


BROCA - 350 mil a.C.

Um dia alguém teve a ideia de afiar uma pedra e usá-la para furar madeira e peles de animais. Mas a broca só encontraria sua grande vocação em 1840, quando pela primeira vez foi usada para furar o chão em busca da fonte de energia mais importante do mundo moderno: petróleo.

MÁQUINA DE SOLDA - 2 500 a.C.

Une peças metálicas com a aplicação de calor. Foi inventada no norte da Anatólia, atual Turquia, onde alguém teve a ideia de aquecer pedaços de minério de ferro. É essencial para a produção de todos os tipos de aparelhos eletrônicos.

FORJA A PRESSÃO - Entre 6 mil a.C. e 3 500 a.C.

A forja solta um peso contra uma placa de metal para que ela amasse e adquira o formato desejado. Essa invenção permitiu que objetos e utensílios metálicos, até então moldados manualmente com martelo, fossem produzidos com mais agilidade - processo que mais tarde permitiria fabricar carros, aviões e veículos em geral. As forjas modernas, que empregam pressão hidráulica e são usadas para moldar a fuselagem de jatos, chegam a exercer 50 mil toneladas de pressão.

FORNO DE PÃO - 2 600 a.C.

Inventado pelos egípcios, o primeiro forno de pão era um vaso de barro com uma divisão interna (fogo embaixo e alimento em cima). Foi importante porque criou uma maneira conveniente de transformar uma cultura abundante, o trigo, em comida. Hoje, os fornos de padaria mais modernos incorporam uma tecnologia de difusão de calor que foi desenvolvida pela Agência Espacial Brasileira - e economiza até 50% de gás.

FORNO PARA METAIS - Séc. 4 a.C.

Os chineses foram o primeiro povo a fabricar ferramentas como machados e serrotes. Seu segredo era este forno, que permite derreter qualquer tipo de metal. No século 11 d.C., a indústria do ferro chinesa passou a usar carvão mineral em vez de vegetal para alimentar os fornos (e com isso poupou florestas inteiras). Atualmente, um grande forno industrial chega a produzir mais de 8 mil toneladas de ferro líquido por dia.

MOTOR A VAPOR - Séc. 1 a.C.

Esquenta a água para que ela se transforme em vapor - e, ao tentar escapar da máquina, mova alguma peça ou engrenagem. Criada pelo matemático grego Heron de Alexandria, inicialmente a invenção não teve aplicação prática. Ela só alcançou importância na segunda metade do século 18, quando o inglês James Watt criou uma versão mais eficiente - que foi a grande ferramenta da Revolução Industrial.

Idade Média

TURBINA EÓLICA - 644

O primeiro moinho foi criado por um habitante da Pérsia, atual Irã. Foi uma grande sacada: aproveitar um recurso renovável e não poluente, o vento, para gerar energia de forma contínua. Hoje, a energia eólica é uma grande aposta para conter o aquecimento global.

Idade Moderna

ENROLADOR DE METAL - Final do séc. 18

Mais de 90% de todo o alumínio, aço e cobre produzido no mundo passa por essa máquina, que transforma o metal amassado e cheio de imperfeições em barras e placas lisinhas e também é usada para produzir vidros.

SEMEADORA - 1701

O fazendeiro inglês Jethro Tull inventou esta máquina, que distribui automaticamente as sementes pela lavoura. Com isso, aumentou sua produtividade em 800% - e lançou a base da agricultura moderna.

Idade Contemporânea

MOTOR HIDRÁULICO - 1880

Usa a queda da água para gerar energia. Foi criado em 1880 pelo americano Lester Pelton, que queria desenvolver uma ferramenta para garimpar ouro mas acabou inventando este motor, que hoje é o coração das usinas hidrelétricas.

MÁQUINA DE FAZER TIJOLOS - Séc. 19
Os sumérios já construíam suas cidades com tijolos por volta dos 3 mil a.C. Mas só no século 19 esse trabalho se automatizou. Hoje, o Brasil produz 4 trilhões de tijolos por mês - 90% deles em máquinas. Cada uma produz até 1,9 milhão de tijolos por dia (contra apenas 200 de uma pessoa no processo manual).

MÁQUINA DE FAZER PARAFUSOS - Séc. 19

Parece incrível, mas antes da invenção desta máquina os parafusos eram produzidos de maneira semiartesanal. Sua fabricação em larga escala abriu espaço para o automóvel - o Ford T, primeiro carro a ser produzido em série, saía de fábrica com 700 parafusos.

ENFARDADORA - Final do séc. 19

A máquina recolhe materiais como palha e capim e os transforma em fardos no formato de paralelepípedos ou cilindros, que depois são usados na alimentação animal ou queimados para produzir energia.

EXTRATOR DE ALUMÍNIO - Final do séc. 19

Transforma bauxita (ou argila) na matéria-prima das latas, dos aviões e de grande parte do mundo moderno: alumínio. Foi inventado pelo americano Charlies Martin Hall e pelo francês Paul Héroult.

MOTOR ELÉTRICO - 1822

A sua geladeira tem um. O liquidificador e o elevador também. E, no futuro, os carros também terão. O motor elétrico é onipresente - e foi descoberto meio sem querer pelo físico inglês Michael Faraday, que estava estudando a relação entre eletricidade e magnetismo.

COLHEITADEIRA - 1834

Foi criada pelo americano Hiram Moore e deu o empurrão decisivo para a mecanização agrícola - que passou a gerar comida suficiente para alimentar bilhões de pessoas e permitiu a explosão da população humana nos últimos dois séculos.

Postagens mais visitadas deste blog

HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO NO BRASIL PERÍODO JESUÍTICO (1549 · 1759)

Lançado o computador pessoal Apple Lisa