1- Portugueses na mira do antilusitanismo: perfil lusitano para expulsão da província da Bahia em 1831

No calor da crise política do ano de 1831 que culminou com a abolição do imperador D. Pedro I, a província da Bahia viveu momentos de tensão quando vários episódios contrapuseram portugueses e brasileiros tanto política quanto fisicamente, em conflitos violentos nas ruas da Bahia. Dentre estes episódios uma leve de petições, abaixo-assinados e correspondências envidam as autoridades provinciais pediam a expulsão de portugueses que moravam na Bahia. Este período se faz necessário estudo para se entender o perfil social dos portugueses elencados pelos antilusitanos baianos para serem mandados para fora da província, tais iluminar os estudos sobre os conflitos antilusitanos, elementos tão importantes na composição do cenário político baiano nas primeiras décadas do império.
E nesse período havia a presença e destaque de dois grupos políticos os carcarás e os jacus as rivalidades entre estes dois grupos geravam vários confrontos que geralmente ocorriam em ruas ou em bares, envolvendo desde simples bate-bocas a agressões físicas à morte.
Em 1831 houve um período de antilusitanos o governo se preocupava com ações de populares contra a presença desses lusitanos no país essas ações eram mal vistas pelo governo, pois estes homens eram responsáveis pelo capital do país, pois eles faziam o dinheiro circular pelo Brasil.
A imagem acima refere-se a um jonal da época que não possuia periodicidade:

DESCRIÇÃO:
Pasquim de cunho liberal moderado com edições publicadas alguns dias após a Abdicação de D. Pedro I e durante a abertura oficial da Assembléia Geral Legislativa.
Faz em seus artigos criticas a D.Pedro I. e a seu governo, defende o poder Legislativo,como por exemplo dizendo que cabe a ele tomar medidas a favor da expulsão de ‘estrangeiros’ no país, mostrando o antilusitanismo que crescia na época. Há também um artigo a respeito dos movimentos na Bahia e ao final das edições há alguns sonetos exaltando a Abdicação continuando as críticas a D. Pedro I.

Postagens mais visitadas deste blog

HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO NO BRASIL PERÍODO JESUÍTICO (1549 · 1759)

Lançado o computador pessoal Apple Lisa