Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2011

Nilo: O berço da cultura Africana

Imagem
O Nilo corre por 6.671 km, desde a sua nascente, no interior da África, até o delta no Mar Mediterrâneo. Em suas margens já vivia, em 50.000 a.C, um povo admirável: os egípcios.
As pessoas que viviam às margens do Nilo foram as primeiras a dispor de um calendário. Também escreveram antes de todos os outros povos, com uma escrita muito peculiar. Além disso, haviam desenvolvido um sistema unificado de algarismos, medidas e pesos. Como se não bastasse, ergueram obras arquitetônicas grandiosas, templos com verdadeiras florestas de colunas, câmaras mortuárias cheias de ouro e pirâmides esplêndidas: monumentos que ainda hoje nos deixam perplexos e nos quais os pesquisadores continuam fazendo descobertas extraordinárias.

Naquele tempo, em que tudo isso surgia junto ao Nilo, os europeus, por exemplo, ainda viviam em choupanas. Como isso era possível? O que esse rio dava aos homens?

Às margens do Nilo, estende-se uma faixa verde, com até 20 km de largura. Ali crescem algodão, trigo, arroz e mi…

Império Zulu

Imagem
Os zulus são um povo do sul da África, vivendo em territórios atualmente correspondentes à África do Sul, Lesoto, Suazilândia, Zimbábue e Moçambique. Embora hoje tenham expansão e poder político restritos, os zulus foram, no passado, uma nação guerreira que resistiu à invasão imperialista britânica e bôere no século XIX.Os zulus eram originalmente um grande clã onde hoje é o norte do kwaZulu-Natal. Foi fundada por Zulu kaNtombhela. Em 1816, os zulus formaram um poderoso estado sob liderança de Shaka. 
Foi em 1740 que Dingiswayo tomou conta do poder da tribo Mthethwa. Iniciou uma política de expansão, começando a submeter várias tribos vizinhas à sua autoridade. Foi então que começou a organizar o exército sob o regime de grupos por idades. A medida que ia submetendo as tribos vizinhas permitia que os chefes dessas tribos continuassem no seu posto, sendo apenas obrigados a pagar-lhe um tributo em gado. Começou assim a criar as funções dum grande reino Ngoni.
Dingiswayo começou a expandir…

Os Iorubas

Imagem
Os iorubás ou iorubas (em iorubá: Yorùbá), também conhecidos como ou yorubá (io•ru•bá) ou yoruba, são um dos maiores grupo étno-linguístico ou grupo étnico na África Ocidental, composto por 30 milhões de pessoas em toda a região. Constituem o segundo maior grupo étnico na Nigéria, com aproximadamente 21% da sua população total. As lendas contam que Ilé-Ifé teria sido o próprio berço da humanidade. Ali Todos os povos e reinos descenderiam do deus-rei Odudua, fundador da cidade sagrada. Outra lenda diz que Odudua seria o condutor de uma gente vinda do Leste. Após a fundação da cidade sagrada o povo teria se espalhado pela região e tomou forma final por volta do final do primeiro milênio. Possível época da fundação de Oyo, capital política dos iorubas. Cidades independentes com seus governantes, camponeses. O Senhor do reino ratificava o poder dos mandantes de cada cidade que era chamado de Bale e tinha a assembléia dos notáveis, que era na realidade a detentora da autoridade. O guarda …

[1] - Antigamente X Atualmente : Música

Imagem
Salvai-nos Senhor 

Os Berberes na Antiguidade

Imagem
Norte da África, enquanto laboratório de transformações culturais impostas por mudanças históricas, constitui um campo de análise extremamente rico para o cientista humano. Esta região pode ser considerada, geograficamente, uma "ilha", pois encontra-se separada da Europa pelo mar e do resto da África pelo deserto. De fato, sua ligação física mais direta é com o Oriente, esse mesmo Oriente com o qual grande parte de sua História se mescla. No entanto, apesar das barreiras físicas, a Península Ibérica em especial, mas igualmente a região mediterrânica central, desde tempos os mais remotos, estabeleceram uma série de contatos e intercâmbios humanos, culturais e econômicos com a região norte-africana. De fato, um estudo acurado destes aspectos demonstra que, apesar de não podermos ignorar elos entre a região central norte-africana e sua área setentrional, foi com relação aos povos do continente europeu e do Oriente Próximo que a maioria dos processos ocorreu.
CONTINUE LENDO EM: …

Quero é prova!!!

Imagem

As corporações de ofício e a produção urbana

Imagem
O Renascimento comercial foi acompanhado pelo desenvolvimento urbano. Como conseqüência disso, surgiu, na Europa medieval, uma nova classe social, a burguesia.

Guildas – Os burgueses ligados às atividades comerciais criaram as guildas, associações de mercadores, para defender seus interesses mercantis e estender seu comércio a outras regiões.

Corporações de ofícios – Por sua vez, os burgueses ligados à industria artesanal criaram as corporações de ofícios, com o objetivo de evitar a concorrência externa e mesmo entre os próprios artesãos.

Rei-burguesia – A rica burguesia mercantil, cuja fonte de riqueza era o comércio, aliou-se ao rei na luta pela centralização do poder político, pois acreditava que, quanto mais forte fosse o Estado, maior defesa e proteção o governo daria ao comércio nacional. Essa aliança rei-burguesia acelerou o processo de formação das monarquias nacionais ou Estados modernos, fortes e capazes de promover a expansão comercial européia. Mas o sistema feudal levari…

A IMPORTÂNCIA DA HISTÓRIA NO CONTEXTO DA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA

Imagem
Ao apresentar a síntese acerca da contemporaneidade da História buscamos uma retrospectiva do processo evolutivo da historiografia, partindo das primeiras tentativas de estruturação da História como Ciência. A façanha inicial foi provocar a refração entre a História mítica e os fatos ocorridos e, pertinentes. Mais tarde a História passa a focar distintos objetos de estudo, dos fatos aos personagens isolados. Quando finalmente se instala como ciência investigativa sofre grande influência do cristianismo e se torna justificativa para o Teocentrismo. Já no século XIX surge a análise da História sob os aspectos econômico e social. E finalmente no século XX nasce a visão holística do estudo da História que agrega todos os fatores envolvidos em um mesmo grau de importância, onde todos são atores do momento histórico.

Palavras chaves: História; Processos; Atores.
CONTINUE LENDO EM OUTRO BLOG

Fome na África: Na Somália, problema atinge quase metade da população

Seca, guerras civis, restrições à ajuda humanitária e caos político resultaram numa crise de fome que afeta 12,5 milhões de pessoas que vivem na região conhecida como Chifre da África, que inclui Djibuti, Etiópia, Quênia, Somália e Uganda. A epidemia de fome já é considerada a pior deste século.

Direto ao ponto: Ficha-resumo

A situação é mais grave na Somália, onde 29 mil crianças morreram nos últimos três meses – uma média de 300 por dia – e 640 mil estão subnutridas, podendo morrer nos próximos meses. Cerca de 3,2 milhões de somalianos (quase metade da população) dependem de doações de alimentos para sobreviver.
A ONU (Organização das Nações Unidas) decretou crise de fome no país em 20 de julho. O estado de emergência é declarado quando a fome atinge 20% das famílias e o índice de subnutrição ultrapassa 30% da população infantil. Na região de Bay, uma das seis em estado crítico na Somália, a taxa de desnutrição entre crianças é de 58%, a mais alta no país.
Desde os anos 1980, foi a pri…

Lixo globalizado

Imagem
Em março de 2002, quase uma década atrás, matéria de Maria Eduarda Mattar na Rets (Revista do Terceiro Setor), abordava a questão do lixo eletrônico – igualmente tóxico – com propriedade.

Dizia ela que, sob a fachada de “doação de equipamentos”, a sucata eletrônica de países desenvolvidos tinha como destino mais comum países da Ásia, onde grupos familiares extraiam ouro e prata dos componentes, com falta de cuidado no processamento das partes e consequente poluição da natureza, além de outros males.

Trecho da matéria informava: “O relatório ‘Exporting Harm - the High-Tech Trashing of Asia’, elaborado pela Basel Action Network - BAN, rede global de ativistas que ‘lutam pela justiça ambiental’, e pela Coalizão de Tóxicos do Vale do Silício, com apoio do Greenpeace China, Toxic Link India e Sociedade para a Conservação e Proteção do Meio Ambiente, do Paquistão, veio a público no final de fevereiro e lançou mais luz sobre o assunto. O documento denuncia em mais de 50 páginas o envio prej…

Tipos de utopias políticas

Imagem
Como projeções de um futuro melhor, as utopias políticas são construídas sempre a partir de algum tipo de insatisfação com as condições da existência social presente - e, para se concretizarem, estabelecem formas de ruptura com a ordem social.
Historicamente, as utopias políticas se diferenciam pela predominância de alguns elementos que apontam para a construção de uma sociedade futura às vezes mais justa, às vezes mais pacífica e às vezes mais abundante.

Platão
Os exemplos do pensamento utópico são muitos. Na Grécia Antiga, o caso mais notável e influente de pensamento político utópico é a obra do filósofo Platão (428-347 a.C.), denominada A República. Platão foi um severo crítico da democracia e dos valores e princípios éticos em vigor na comunidade grega em que viveu.
Em contraposição ao contexto social em que vivia, Platão idealizou uma organização social altamente hierarquizada, seguindo o esquema de divisão tripartite (filósofos, guerreiros e artesãos), mas considerada por ele fu…

Utopia política: Pensamento utópico produz mudanças parciais

Imagem
Utopia política é uma expressão que serve para caracterizar um ideal ou uma concepção de organização social que é considerada qualitativamente "melhor" se comparada à sociedade do presente.

Outro aspecto importante de uma utopia política é o método ou forma de se concretizar o ideal utópico: às vezes, por meio do uso da força e da violência revolucionárias; e, outras vezes, por meio do ativismo missionário, baseado na ação pacífica, com o intuito de provocar mudanças por meio do convencimento e da persuasão.

As utopias políticas se apresentam como formas predominantemente "puras" de organização social. Elas carregam um discurso ideológico que se apresenta como uma crítica à sociedade em que surgiram e, ao mesmo tempo, como o projeto de um mundo melhor.

A partir desses pressupostos, podemos deduzir que uma utopia política se constitui na forma de um conjunto de valores e princípios que, necessariamente, está em oposição, em desacordo com os valores dominantes da soc…

Durkheim - A divisão do trabalho social

Imagem
Émile Durkheim (1858-1917) integra o grupo de cientistas sociais considerados fundadores da sociologia. Em 1893 ele publicou sua tese de doutoramento, intitulada De la Division du Travail Social, estudo em que aborda a interação social entre os indivíduos que integram uma coletividade maior: a sociedade.

Trata-se de um tema central no pensamento sociológico de Durkheim, cujo principal interesse é desvelar os fatores que possibilitam a coesão (unidade, estabilidade) e a permanência (ou continuidade) das relações sociais ao longo do tempo e de gerações. Dentro da perspectiva sociológica durkheimiana, a existência de uma sociedade só é possível a partir de um determinado grau de consenso entre seus membros constituintes: os indivíduos. Segundo Durkheim, esse consenso se assenta em diferentes tipos de solidariedade social.

Solidariedade mecânica
Em De la Division du Travail Social, Durkheim esclarece que a existência de uma sociedade, bem como a própria coesão social, está baseada num grau …

As formas que esse sistema tomou ao longo da história

Imagem
O termo democracia surgiu na Antiguidade clássica, em Atenas, na Grécia, para designar a forma de governo que caracterizava a administração política dos interesses coletivos dos habitantes das cidades-estados. Na Idade Média, o termo caiu em desuso. Só reapareceria por volta do século 18, durante as revoluções burguesas que eclodiram no mundo ocidental.

No século 20, a democracia voltou a ser objeto de grande interesse. Isso aconteceu especificamente a partir da década de 1950, quando as sociedades ocidentais haviam passado por períodos de violência armada entre vários Estados, em decorrência das duas guerras mundiais.

A "vontade do povo"
A democracia teve diferentes significados em cada um dos períodos históricos mencionados. Na Antiguidade clássica, o critério utilizado pelos gregos para definir um governo democrático foi a "fonte" ou "origem" da autoridade política.

Para os gregos "demos" significa povo e "kratos" significa poder. N…

Os mais famosos cultos de origens afro: A rota de oito cultos praticados por aqui

Imagem
Catimbó
Mais comum na Amazônia, é marcado pela influência indígena. As entidades cultuadas são caboclos e um instrumento dos índios, o maracá, está sempre presente.
Tambor de Mina
Nome dado no Maranhão à religião africana praticada de acordo com a tradição jeje-nagô. Os filhos de santo incorporam voduns, orixás e caboclos.
Xangô
Praticado principalmente em Pernambuco. As diferenças com relação ao candomblé são sutis: o dia de oferenda ao orixá ou a fixação do couro no atabaque.
Candomblé
Comum principalmente na Bahia, segue a tradição ioruba e cultua os orixás. Cada um contém uma qualidade específica da natureza.
Culto aos Egunguns
Praticado sob direção de um sacerdote mais velho, que evoca as almas dos mortos. Encontrado principalmente na ilha de Itaparica, na Bahia.
Islamismo
Trazido pelas nações Haussás, Malês e Fula (vindas do reino muçulmano do vale do Niger), em 1835 o Islã negro liderou a Revolta dos Malês em Salvador.
Umbanda
Nome dado em vários estados, em especial Rio e S…

Homenagem ao Dia dos Professores

Imagem
Hoje é o dia no qual recebemos um simbólico "parabéns" e um "abraço" nos parabenizando pelo nosso trabalho e nos desejando felicidades, porém hoje deveria ser mais um dia reconhecimento da nossa importância para a construção de nossa sociedade, o que fazemos para tentar e fazer de nosso país um lugar melhor para as futuras gerações e quais são as condições que nos ofertam para que desenvolva um trabalho de transformação dessas jovens crianças de nossa sociedade.  De fato hoje é um dia  de Felicidade para nós PROFESSORES, mas algo que todos nós desejamos de forma verídica é RESPEITO, que nessa data não seja mais um dos vários que compõe o calendário que ela seja um inicio de conscientização do papel que desenvolvemos na  sociedade.
"RESPEITE E VALORES SEU PROFESSOR, POIS MUITOS SE ORGULHAM DO PROFESSOR QUE TÊM OU QUE TIVERAM, MAS POUCOS LHE DIZEM O QUAL ELE É IMPORTANTE EM SUA VIDA".

Pensamento do Dia - Música

Imagem
MV Bill - Só Deus pode me julgar

"..Não é moda quem pensa incomoda
não morre pela droga, não vira massa de manobra
Não idolatro a mauricinho da Tv, não deixa se envolver
Porque tem proceder Pra que? Porque?
Só tem paquita loira, aqui não tem preta como apresentadora
Novela de escravo a emissora gosta mostra os pretos
Chibatadas pelas costas
Faz confusão na cabeça de um moleque que não gosta de escola
E admira uma intra-tek, Clik-clek Mão na cabeça
Quando for roubar dinheiro público
Vê se não esqueça
que na sua conta tem a honra de um homem envergonhado
Ao ter que ver sua família passando fome
Ordem e progresso e perdão
 Na terra onde quem rouba muito não tem punição ..,"

Uma triste realidade crianças que não podem ser adotadas

Imagem
Um caso em destaque dessa triste realidade de nosso país é um caso no Paraná, onde uma criança de 10 anos portadora do HIV que não conheceu os pais e não se encontra na lista de crianças a serem adotadas, ela tem um sonho de que ela "tenha um pai e uma mãe de verdade todos os dias", e esse com certeza é o sonho de outras cerca de 32 mil crianças consideradas "inadotáveis" por todo o Brasil. Esse caso em especial reflete tanto a questão da criança ser portadora do vírus HIV quanto ao desligamento dessa mesma de sua família.   A lei assegura a todas a possibilidade de serem adotadas até os 18 anos desde que tenham sido juridicamente desligadas dos pais biológicos, mas a burocracia impede o exercício desse direito, segundo análise de especialistas.   “Como a destituição [processo que desliga legalmente a criança da família biológica] demora, apenas 5 mil das 37 mil crianças que estão em abrigos do país podem ser adotadas. Hoje, existem 26 mil famílias interessadas em ad…

Homenagem ao gigante Renato Russo

Imagem
Renato Manfredini Júnior, nome artístico: Renato Russo (Rio de Janeiro, 27 de março de 1960 – Rio de Janeiro, 11 de outubro de 1996) foi um cantor e compositor brasileiro. Sua primeira banda foi o Aborto Elétrico (1978), que durou quatro anos e terminou devido às constantes brigas que havia entre ele e o baterista Fê Lemos. Russo herdou desta banda uma forte influência punk que influenciou toda a sua carreira. Nessa mesma época, aos 18 anos, assumiu para sua mãe que era bissexual e, em 1988, publicamente. Em 1982, integrou a banda Legião Urbana, desenvolvendo um estilo mais próximo ao pop e ao rock do que ao punk. Russo permaneceu na Legião Urbana até sua morte, em 11 de outubro de 1996.Gravou ainda três discos solo e cantou ao lado de Herbert Vianna, Adriana Calcanhoto, Cássia Eller, Paulo Ricardo, Erasmo Carlos, Leila Pinheiro, Laura Pausini, Biquini Cavadão, 14 Bis e Plebe Rude.  Sempre que pensamos em rock, pensamos em bandas e cantores que se tornaram verdadeiros monstros da músic…

Proxima atração do Rock In Riooooooooh

Imagem
Melhor que muita atração que houve........... Metal Villa
http://www.youtube.com/watch?v=Gf6AOrSIYYg&feature=player_embedded#!

Os direitos civis e as revoluções do século 18

Imagem
A cidadania moderna refere-se ao conjunto de direitos e deveres dos cidadãos que pertencem a uma nação, ou seja, o povo de um país. O núcleo dessa cidadania compõe-se basicamente de três elementos: o civil, o político e o social. O aparecimento e a extensão dos direitos de cidadania ocorreram de forma lenta e gradual, variando bastante conforme a região. Os direitos civis agrupam as prerrogativas de liberdade individual, liberdade de palavra, pensamento e fé, liberdade de ir e vir, o direito à propriedade, o direito de contrair contratos válidos e o direito à justiça. Os tribunais são as instituições públicas por excelência para salvaguarda dos direitos civis.

Iguais perante a lei
Antes da constituição da cidadania moderna, os direitos e deveres entre os homens eram definidos por privilégios sociais (posses, rendas, títulos de nobreza). O surgimento dos direitos civis assinalou uma mudança substancial nas relações dos homens em sociedade. Foram rompidos os laços de dominação baseados na…

Max Weber e o significado de "burocracia"

Nas últimas décadas, no Brasil e no mundo, o termo burocracia adquiriu fortes conotações negativas. É popularmente usado para indicar a proliferação de normas e regulamentos que tornam ineficientes as organizações administrativas públicas, bem como corporações e empresas privadas. Mas, este conceito, em diferentes períodos históricos, já possuiu outros significados. O termo "burocracia" surgiu na segunda metade do século 18. Inicialmente foi empregado apenas para designar a estrutura administrativa estatal, formada pelos funcionários públicos. Eles eram responsáveis por várias áreas relacionadas aos interesses coletivos da sociedade, como as forças armadas, a polícia e a justiça, entre muitas outras. No século 20, após a criação da União Soviética, o termo burocracia apareceu como uma crítica à rigidez do aparelho do Estado e aos partidos políticos que sufocavam a democracia de base, em análises feitas por cientistas sociais, principalmente de tradição marxista. Segundo a p…

A tradição, o carisma e as leis

Imagem
Um dos pensadores mais proeminentes das ciências humanas foi Max Weber (1864-1920). Considerado um dos fundadores da sociologia, sua vasta obra é composta por estudos sobre vários temas sociais. Aqui, será abordado um tema de importância crucial para o entendimento da legitimidade da autoridade política.
Que razões predispõem um grupo social, uma comunidade ou uma sociedade composta por um conjunto de indivíduos ou cidadãos a reconhecer como legítima a autoridade detentora do poder político e a obedecer a seus mandos e ordens? O sociólogo alemão sustenta que existem somente três tipos de dominação legítimas: a tradicional, a carismática e a legal.

                                                   A autoridade política tradicional
A dominação tradicional se assenta na crença cotidiana da santidade das tradições e costumes vigentes desde muito tempo. Segundo essas tradições, quem detém a autoridade política é chamado de senhor ou patriarca. Os que estão sob suas ordens são considerado…

Assembléias surgiram antes da independência americana

Renato Cancian*
Especial para a Página 3 Pedagogia & Comunicação
Uma Assembléia Constituinte é um órgão colegial representativo, de caráter extraordinário e temporário, que é investido do poder de elaborar a Constituição, ou seja, o conjunto de regras normativas primárias e fundamentais do ordenamento jurídico estatal.
Historicamente, um órgão dessa natureza e com essa função só é formado em casos excepcionais, quando se origina um novo Estado soberano ou quando da necessidade de um novo ordenamento jurídico para substituir o ordenamento precedente, em razão da ocorrência de grandes mudanças ou de ruptura da ordem social e/ou política. Como fonte de produção das normas constitucionais, até encerrar suas funções o poder constituinte é soberano.

Origens do constitucionalismo moderno
As origens históricas da Assembléia Constituinte remontam ao período do século 18 e estão associadas à emergência das doutrinas contratualistas.

A origem do pensamento contratualista remonta à filosof…

Comunismo - Idade Moderna Thomas More e Campanella

Imagem
Data dos séculos 16 e 17 o surgimento de concepções comunistas consideradas modernas. O contexto histórico é de progressivo declínio do modo de produção feudal e de ascensão da burguesia e do capitalismo. O filósofo inglês Thomas More (1478-1535) é considerado o expoente da primeira grande utopia comunista moderna.

Tendo como referência as mudanças sociais que ocorriam na Inglaterra do seu tempo, More escreveu, em 1516, o livro intitulado "Utopia", onde defendeu a abolição da propriedade privada e a subordinação dos interesses individuais aos interesses coletivos como base da convivência harmônica entre os homens. Segundo ele, essa seria a única maneira de se alcançar a prosperidade e o progresso social. Em "Utopia", More concebe uma "sociedade perfeita", onde todos os homens adultos deveriam ter a oportunidade e o direito a um trabalho digno, cuja jornada não deveria ultrapassar seis horas diárias. Nessa sociedade, toda a riqueza produzida seria permanen…

Apartheid: Auge e declínio do regime do Apartheid sul-africano

Imagem
Renato Cancian*
Especial para a Página 3 Pedagogia & Comunicação
O apartheid foi estabelecido oficialmente na África do Sul em 1948 pelo Nationalist Party (Partido dos Nacionalistas) que ascendeu ao poder e bloqueou a política integracionista que vinha sendo praticada pelo governo central.O Nationalist Party representava os interesses das elites brancas, especificamente da minoria boere. Após 1948, o sistema de segregação racial atingiu o auge. Foram abolidos definitivamente alguns direitos políticos e sociais que ainda existiam em algumas províncias sul-africanas.

As diferenças raciais foram juridicamente codificadas de modo a classificar a população de acordo com o grupo social a que pertenciam. A segregação assumiu enorme extensão permeando todos os espaços e relações sociais. Os casamentos entre brancos e negros foram proibidos. Os negros não podiam ocupar o mesmo transporte coletivo usado pelos brancos, não podiam residir no mesmo bairro e nem realizar o mesmo trabalho, entr…

Origens da ideologia anarquista

Imagem
A palavra anarquismo tem origem no termo grego ánarkhos, cujo significado é, aproximadamente, "sem governo". O anarquismo é freqüentemente apontado como uma ideologia negadora dos valores sociais e políticos prevalecentes no mundo moderno: o Estado laico, a lei, a ordem, a religião, a propriedade privada etc. De fato, como ideologia libertária e profundamente individualista, o anarquismo defende a ruptura com todas as formas de autoridade política e religiosa, a propriedade privada e quaisquer outros tipos de normas institucionais que cerceiem a liberdade do indivíduo em sociedade e na esfera da vida privada.

Anarquismo e comunidade fraterna
As doutrinas de inspiração anarquista defendem a idéia de que a supressão de todas as formas de dominação e opressão vigentes na sociedade moderna daria lugar a uma comunidade mais fraterna e igualitária. Mas a igualdade e a solidariedade comunitária seriam resultados de um esforço individual a partir de um árduo trabalho de conscientiz…

Contos popupaleres: A onça e o bode

Imagem
Caminhando pelo mato, o bode descobriu um bom lugar para fazer uma casa. Capinou o terreno, deixando-o limpinho para dar início à construção. Como já estava cansado, foi embora, preferindo começar no dia seguinte. A onça também procurava um terreno para erguer sua casa. Deparando com o lugar que o bode capinara, achou que estava com muita sorte. Cortou e empilhou as madeiras para fazer a estrutura. Depois foi embora, pois precisava dormir.
No dia seguinte, ao ver a madeira à sua disposição, o bode ergueu a estrutura. “Que sorte que estou dando!”, pensava ao fim do trabalho, quando já se retirava. Mais tarde foi a vez de a onça chegar ao terreno e ver a estrutura pronta. “Que sortuda que eu sou!”, disse com suas pintas, enquanto cobria a madeira com taipa. Então, a onça foi buscar seus móveis e, ao voltar, deu de cara com o bode, sentado numa poltroninha, muito à vontade. Os dois não custaram a perceber que haviam dividido o trabalho da construção. Decidiram morar juntos, portanto.Mas…

Marinheiros exigem tratamento justo

Revolta da Chibata - 100 anos

José Renato Salatiel*
Especial para a Página 3 Pedagogia & Comunicação
Há cem anos, em 22 de novembro de 1910, um grupo de marinheiros negros se rebelou contra os castigos físicos aplicados na Marinha brasileira. Eles assumiram o controle de quatro navios de guerra ancorados na baía de Guanabara e ameaçaram bombardear o Rio de Janeiro, então capital do país. O motim durou seis dias.

Direto ao ponto: Ficha-resumo
A Revolta da Chibata, como ficou conhecida a insurreição, foi liderada por João Cândido Felisberto, um marinheiro de 30 anos, negro e semianalfabeto. Ele e os demais revoltosos foram perseguidos, presos e, em sua maioria, mortos nos anos seguintes à tomada dos encouraçados. Até hoje, o episódio é um dos mais polêmicos da história da República Velha (1889-1930). João Cândido, que morreu pobre e esquecido em 1969, tornou-se um dos mais importantes heróis negros do Brasil, ao lado de Zumbi dos Palmares. Mas a legitimidade dos feitos do Almirante N…