ÁFRICA DO SUL : A IGREJA PEDE PERDÃO, MAS O APARTHEID CONTINUA VIVO

Este vídeo pertence à ESPN BRASIL, e coloco aqui neste espaço pela importância do assunto abordado . A ESPN com mais esta reportagem nos mostra um pouco mais da África. O Apartheid "acabou", mas as feridas são enormes, e na prática ele continua forte. Aqui o repórter conversa com dois líderes religiosos. Um branco, que pertence a uma igreja que desde o início apoiou o regime de segregação; De outro lado, um negro de uma igreja que fica no Soweto e que sempre ajudou os negros . Uma igreja pede o perdão, mas mesmo assim, o repórter define a situação da África do Sul como um "barril de pólvora" .

Postagens mais visitadas deste blog

HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO NO BRASIL PERÍODO JESUÍTICO (1549 · 1759)

Lançado o computador pessoal Apple Lisa